Schlumberger regista prejuízo de US $ 8,5 biliões no primeiro trimestre de 2020

Por: Abudo Omar
Data: 20/04/ 2020
Visualizações: 1794


A empresa de serviços do campo petrolífero Schlumberger registou US $ 8,5 biliões em prejuízos no ágio no primeiro trimestre, com os clientes acelerando os cortes de gastos durante a contínua queda nos mercados de petróleo.

Devido a isso, a empresa reportou uma perda líquida de US $ 7,38 biliões no primeiro trimestre, o que equivale a US $ 5,32 por acção, em comparação com um lucro de US $ 421 miliões (US $ 0,30 por acção) no ano passado.

A Schlumberger prevê que os gastos globais caiam cerca de 20% este ano, com uma queda de 40% na América do Norte, que tem a maior parte da redução entre os gastos totais.

Na América do Norte, a receita da empresa foi de US $ 2,3 biliões, uma queda de 7% em relação ao último trimestre.

O CEO da Schlumberger, Olivier Le Peuch, disse: “A receita do primeiro trimestre de US $ 7,5 biliões caiu 9% sequencialmente e 5% a cada ano, com a crise mundial sem precedentes em saúde e economia provocada pela pandemia de Covid-19 que afectou cada vez mais a actividade da indústria durante o trimestre.

“O efeito disso foi amplificado no final do trimestre por uma nova batalha por participação do mercado entre os maiores produtores de petróleo do mundo.

“O declínio sequencial da receita internacional foi liderado pela menor actividade de inverno na área da Europa CEI África, particularmente na Rússia e Ásia Central e nos geoMarkets do Reino Unido e Europa Continental.”

Segundo a Reuters, empresas de petróleo e gás como a Exxon Mobil cortaram gastos em pelo menos 30% e suspenderam algumas actividades de perfuração devido à queda nos preços do petróleo.

Em Fevereiro deste ano, a Schlumberger anunciou um novo centro de fabricação no King Salman Energy Park (SPARK) na Arábia Saudita.

Fonte: Offshore Technology

Fonte:


Notícias Destacadas

Notícias Recentes