• Entrar / Cadastrar
blog entry

China financia construção de central eólica em Moçambique

A empresa China Energy Investment vai construir em Calanga, no distrito da Manhiça, na província do Maputo uma central eólica com capacidade de produzir mais de 100 megawatts de energia eléctrica, segundo escreve a agência de Notícias de Moçambique (AIM)

Financiado em US$ 120 milhões pelo governo chinês a central poderá estar concluída em 2022.

Segundo a porta-voz do governo da província de Maputo, Olga Manjate a central eólica vai ser instalada em Calanga, próximo da costa marítima, a uma altitude de 50 a 80 metros.

Manjate lembrou que Calanga é um parque eólico costeiro e a escolha do local deveu-se à sua localização geográfica, que oferece condições favoráveis para a construção e implementação do projecto.

O projecto inclui a instalação de 30 turbinas eólicas de dois megaswatts cada, montagem de uma subestação elevatória de 110 kilowatts (KW) e uma linha com a mesma capacidade para acessar à subestação de Zimbene, com 275 KW, localizada no distrito de Bilene, província meridional de Gaza.

O projecto inclui ainda a construção de uma linha com uma extensão de 45 quilómetros de 110 kilowatts ligada à de Zimbene, para numa primeira fase atender um consumo de 60 kilowatts de energia eléctrica.

Numa primeira fase, a construção da central vai empregar perto de 400 trabalhadores e na fase operacional deverá contar com apenas 50 operários, nomeadamente técnicos e pessoal de apoio.

 

Fonte: Macauhub

 

RELACIONADAS

Comentários

RECENTES