• Entrar / Cadastrar
blog entry

ExxonMobil coloca negócios noruegueses à venda

A ExxonMobil diz estar a analisar uma possível venda dos seus negócios remanescentes noruegueses de produção, abrangendo participações minoritárias em 20 campos produtores, além de várias áreas de licenciamento, informou na segunda-feira.

Uma venda abocanharia uma parcela considerável da produção norueguesa, embora a ExxonMobil já tenha vendido seus activos operados em 2017 para a Point Resources, que depois se fundiu aos negócios da Eni para formar a Var Energi. No ano passado, a produção norueguesa da ExxonMobil foi de 96.000 b d de óleo e 374 MMcf d de gás, sendo a porção de líquidos cerca de um terço menor do que cinco anos antes.

A empresa está a abrir uma "sala de dados" para informar potenciais compradores sobre o portfólio.

“Tivemos festas que mostraram interesse. Nós não tomamos uma decisão. Primeiro, vamos testar o mercado montando essa sala de dados ", disse uma porta-voz à S & P Global Platts, acrescentando que as principais prioridades agora estão no Brasil, Guiana, Moçambique, Papua Nova Guiné e na bacia Permiana dos EUA.

"Há áreas em que estamos a crescer e o Mar do Norte não é um deles", disse ela.

As principais empresas dos EUA parecem estar a correr para sair do Mar do Norte, tanto em sua porção norueguesa quanto na britânica. As contrapartes europeias BP, Shell e Total, ao contrário, parecem mais arraigadas, e numerosos pequenos e médios jogadores mudaram-se para buscar, às vezes, recursos a preço reduzido.

A ExxonMobil esteve envolvida principalmente em campos noruegueses maduros, com pouca participação em novos projectos. No entanto, participou de um projecto de compressão submarina na Asgard e faz parte de um projecto aprimorado de recuperação de petróleo da Snorre. A venda proposta não inclui o negócio da refinaria Slagen.

 

 

 

Fonte: S&P Global

RELACIONADAS

Comentários

RECENTES