• Entrar / Cadastrar
blog entry

Montepuez poderá ser maior produtor de ouro

Pesquisas geológicas em curso no posto administrativo de Nairoto, localizado a 120 quilômetros da sede do distrito de Montepuez, levadas a cabo pela empresa Mwiriti, Lda, de capitais nacionais, sugerem a ocorrência, naquela região da província de Cabo Delgado, de enormes reservas de ouro, o que, a ser confirmado, poderá colocar a província na lista dos maiores produtores daquele minério à escala nacional.

Foram investidos até ao momento, segundo apurou a nossa reportagem, pouco mais de 11 milhões de dólares, de fundos próprios da empresa, em trabalhos de desbravamento da mata, pagamento de salários aos geólogos e outro tipo de pessoal, compra de maquinaria para pesguisa, escavadoras, camiões de transporte de solos, viaturas de serviço e outras necessidades.

O administrador da Mwiriti Lda, Asghar Fakhir, com quem conversámos, disse acreditar que os jazigos de ouro de Nairoto são os maiores do país, quiçá do mundo, em termos quantitativos e qualitativos, facto que a ser comprovado, dentro em breve, poderá colocar Moçambique na lista dos maiores produtores.

“Estamos a trabalhar para termos estes resultados. Temos uma equipa dc geólogos e de outras especialidades que estão a desenvolver pesquisas nesse sentido” -explicou Fakhir.

Com efeito, segundo Albano Nhassengo, um dos doze jovens geólogos afectos àquela empresa e que encontrámos em Nairoto, explicou-nos que já foram abertos cerca de 600 poços, de onde se extraem os solos usados como amostras, que são posteriormente levados para a planta de processamento recentemente adquirida e instalada pela empresa na mina.

“Iniciamos, a partir do ano passado, com a pesquisa ao nível das 3 árcas. O trabalho consiste na abertura de poços, em que, depois de encontrarmos várias camadas de solos rochosos, são retiradas e enviados para a planta de processamento, de onde os resultados preliminares que saem determinam quanto ouro existe c a respectiva qualidade” - referiu Nhassengo.

O director do centro de acampamento da Mwiriti, Lda, em Nairoto, António Paulo, assegurou que as pesquisas, cuja conclusão vai ditar a tomada de decisão final de investimento, na ordem de 25 milhões de dólares, já estão numa fasc considerada muito avançada.

Fonte: Jornal Noticias

RELACIONADAS

Comentários

RECENTES