• Entrar / Cadastrar
blog entry

Irão quer iniciar exportações de petróleo contornando o estreito de Ormuz em 2021

O Irão diz que pretende concluir em Março de 2021 um longo oleoduto do noroeste do país, no Golfo Pérsico, até um terminal a leste do Estreito de Ormuz, para exportar petróleo, enviando-o pela primeira vez para o terminal para contornar o mundo, onde consideravelmente é ponto de estrangulamento de óleo mais crítico.

De acordo com Touraj Dehghani, vice-presidente e membro do conselho da companhia petrolífera e de desenvolvimento iraniana (PEDEC), o Irão será capaz de contornar o Estreito de Ormuz quando o projecto do Oleoduto Goureh-Jask entrar em operação.

O gasoduto, que custará US 2 biliões, terá 1.100 quilómetros de extensão e capacidade para transportar 1 milhão de barris de petróleo cru do terminal de petróleo de Goureh, no noroeste da região de Jask, no Mar de Oman, sem a necessidade de ter petroleiros viajando pelo estreito de Ormuz.

Dehghani, do PEDEC, falou à mídia iraniana, enquanto as tensões entre o Irão e o Ocidente continuam altas no Oriente Médio. Em um dos últimos incidentes no Golfo, Irão apreendeu um petroleiro de bandeira britânica no que parecia ser uma acção de retaliação depois que o território ultramarino britânico Gibraltar tomou um navio petroleiro iraniano com a ajuda dos Royal Marines no início de Julho. .

No Golfo Pérsico, apenas dois produtores de petróleo,  Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos têm actualmente algumas opções (limitadas) para contornar o Estreito de Ormuz, onde o trânsito diário em 2018 era de 21 milhões de barris de petróleo por dia, ou o equivalente a cerca de 21% do consumo global de líquidos de petróleo. O Irã, como todos os outros, actualmente depende do estreito para levar seu petróleo ao mercado.

O arqui-rival Irão na região, a Arábia Saudita, planea aumentar a capacidade do seu gasoduto Leste-Oeste que se estende dos campos de petróleo no leste (e no Golfo) até o porto de Yanbu, no Mar Vermelho, a oeste, aonde tem mais as suas exportações de petróleo contornando o Estreito de Ormuz.

Fonte: Oil Price

RELACIONADAS

Comentários

RECENTES