• Entrar / Cadastrar
blog entry

Ncondezi Energy adia principal projecto de energia de carvão em Moçambique

O progresso no desenvolvimento do principal projecto de energia de 300 MW da Ncondezi Energy e da mina de carvão em Tete, foi adiado, disse o desenvolvedor de energia africano.

O atraso ocorreu após discussões com a empresa estatal de electricidade Electricidade de Moçambique (EDM) indicarem que as premissas técnicas e de mercado disponíveis para um acordo tarifário, que foram apresentadas inicialmente em 31 de Março, estavam desactualizadas.

A empresa disse que um estudo actualizado sobre integração de transmissão e um estudo de perspectivas do mercado de energia moçambicano foram encomendados e devem ser concluídos no terceiro trimestre de 2020.

Permitindo a conclusão desses estudos independentes, Ncondezi disse que o acordo tarifário agora deve ser finalizado no segundo semestre do ano.

"Com base nisso, a empresa enviou um programa de trabalho actualizado à EDM para revisão e fornecerá uma actualização de cronograma mais detalhada aos investidores no momento apropriado", disse Ncondezi Energy.

"Desde a apresentação de uma oferta formal de tarifas no início deste ano, a empresa trabalhou em estreita colaboração com a EDM para discutir e acordar o caminho para o progresso do projecto", disse o CEO Hanno Pengilly.

"Com a orientação da EDM, a empresa concordou em actualizar o seu estudo de integração de transmissão, bem como conduzir um estudo de mercado independente para previsões de suprimento e demanda de energia em Moçambique e possíveis mercados de exportação".

Pengilly disse que os resultados desses estudos devem verificar certas premissas técnicas e fornecer maior certeza sobre o caso comercial do projecto, juntamente com a proposta tarifária, facilitando as negociações sobre a tarifa do projecto.

Espera-se também que os resultados sejam um requisito essencial para os potenciais financiadores e investidores do projecto.

Fonte: Club of Mozambique

RELACIONADAS

Comentários

RECENTES