• Entrar / Cadastrar
blog entry

Sonatrach facilita o acesso a empresas argelinas em contratos EPC

O CEO da Sonatrach, Toufik Hakkar, sublinhou segunda-feira em Argel que a estratégia traçada pela empresa em termos de integração nacional visa permitir às empresas argelinas o acesso aos contratos de projectos de engenharia, aprovisionamento e construção (EPC) através do desenvolvimento de especificações específicas.

Num discurso de abertura dos trabalhos de uma jornada de estudos dedicada à estratégia de desenvolvimento de conteúdos locais nos projectos da Sonatrach, Hakkar indicou que entre as opções consideradas pelo grupo está a de “desenvolver um caderno de encargos específico para concursos de bens locais e serviços e ou através do aumento do número de contratos de EPC (Engineering Procurement Construction), nomeadamente através de rateio, quando possível, de forma a permitir o acesso de empresas argelinas a esses projectos”.

Dirigindo-se a gestores gerais de subsidiárias, gestores de empresas parceiras e representantes dos trabalhadores do sector das indústrias de petróleo e gás, Hakkar afirmou que a estratégia orientada para a emergência do potencial nacional é susceptível de estimular o tecido industrial das PME e PMIs argelinas, para desenvolver competências , para transferir know-how e desenvolver uma “cadeia de abastecimento” local capaz de exportar e apoiar os projectos do grupo a longo prazo.

Além de conseguir economias substanciais em divisas, a estratégia de desenvolvimento da ferramenta nacional da Sonatrach está, de acordo com Hakkar, “no quadro da responsabilidade social e um importante actor nacional no desenvolvimento sustentável do país”.

Esta estratégia também irá beneficiar todos os interessados, principalmente o Estado, aumentando o valor acrescentado local e a riqueza nacional, também especificou.

Afirmando que a direcção geral da Sonatrach tinha criado uma entidade doptada de todos os meios necessários e dedicados à execução desta política, Hakkar sublinhou o objectivo da Sonatrach de ter parceiros industriais locais eficientes que respeitem os princípios do código de conduta dos hidrocarbonetos nacionais companhia.

No âmbito do esforço de consolidação do potencial produtivo nacional, o CEO da Sonatrach insistiu na criação de empresas com capacidade industrial e de engenharia, explicando que “nestes segmentos de actividade onde faltam capacidades nacionais”.

Os campos do EPC abrangem, nomeadamente, projectos de construção de infra-estruturas, desenvolvimento de campos de gás, obras industriais e instalações de equipamentos industriais (instrumentação, turbocompressor, sistema de refrigeração).

De acordo com um relatório quantificado do exercício de 2019 apresentado na ocasião pelos executivos do grupo, a Sonatrach concluiu por um montante de cerca de 735 biliões de dinares equivalentes a 6 biliões de dólares de contratos de projectos EPC com entidades estrangeiras (Europa, EUA e Ásia), ou 60% do valor total dos contratos firmados.

A nível local, o montante de contratos adjudicados a empresas argelinas na área de EPC atingiu 135 mil milhões de dinares, representando apenas 15% do total dos contratos celebrados em projectos de construção de infra-estruturas, reabilitação de instalações e equipamentos de produção, também como trabalhos de perfuração e conexão de poço.

O valor dos contratos de prestação de serviços que incluem, entre outros, manutenção, catering, manutenção de bases de vida e aluguer de equipamento de transporte, atingiu 116 mil milhões de dinares, o que representa 71% seguido dos contratos, oferta de (62 biliões de DA, representando 42%).

Entre os objectivos traçados pelo grupo Sonatrach em termos de integração de empresas locais na realização de projectos de EPC, está o de atingir uma taxa de 60% no curto prazo e 80% no longo prazo, referiu Hakkar.

Na direcção das PME e SMI, foram enviadas instruções aos directores gerais das subsidiárias para a atribuição de 10% dos contratos a esta categoria de empresas, referiu ainda, ao anunciar a constituição de uma nova gestão dentro do grupo para apoiar e orientar as iniciativas.

Fonte: Energy Mix Report

RELACIONADAS

Comentários

RECENTES