• Entrar / Cadastrar
blog entry

PetroNor adiciona área de grande potencial da Guiné-Bissau ao portfólio

A PetroNor, empresa independente de exploração e produção de petróleo e gás com foco na África Subsaariana, anunciou a compra da SPE Guinea Bissau AB. Isto confere à PetroNor o direito de assumir as licenças de Operador (e juros de 78,57%) das licenças de Sinapa (Bloco 2) e Esperança (Blocos 4A e 5A) na Guiné-Bissau, sujeito a aprovação do Governo. As licenças foram estendidas por 3 anos e são válidas até 2 de Outubro de 2023, mantendo os mesmos termos fiscais atrativos.

Destaques da transação:

Alinhado com a estratégia da PetroNor para crescer a posição nesta tendência altamente prospectiva que continua a ser um ponto importante para a actividade de exploração;

PetroNor assumirá a operação de duas licenças com participação accionária significativa (78,57%);

Os prospectos Atum e Anchova são análogos ao campo de classe mundial Sangomar no Senegal;

Os prospectos estão "prontos para perfuração", beneficiando-se de trabalho técnico significativo realizado até o momento pela Svenska Petroleum Exploration (SPE) e o parceiro FAR Ltd.;

Os prospectos comercialmente atraentes, Atum e Anchova, contêm recursos prospectivos recuperáveis ??P50 combinados líquidos de 568 mmbo (PDC 2019 CPR para SPE);

Iniciando a revisão do mercado de sondas com vista à actividade de perfuração em 202122 fornecendo catalisadores de transformação para a PetroNor.

Comentando sobre a transação, o CEO Knut Søvold disse: "Este é um acréscimo estratégico chave para a construção de portfólio da PetroNor nesta tendência de exploração altamente atraente. Junto com a licença A4 restabelecida na Gâmbia e a nossa área no Senegal, o patrimônio disponível para a agricultura potencial é uma oportunidade material altamente atraente. A PetroNor está continuando com o seu trabalho para trazer parceiros para financiar uma campanha de perfuração em todos os activos nos próximos anos."

Fonte: Energy Mix Report

RELACIONADAS

Comentários

RECENTES