Necessários US $ 131 trilhões em investimentos em energia limpa para evitar a catástrofe, afirma o relatório

Por: Abudo Omar
Data: 16/03/ 2021
Visualizações: 268


Energia Limpa (oedigital)

O investimento planeado em energia limpa deve aumentar em 30%, para um total de US $ 131 trilhões até 2050, para evitar uma mudança climática catastrófica, com a necessidade de aumentar em massa a produção de hidrogênio particularmente aguda, de acordo com um estudo publicado na terça-feira.

No seu principal relatório anual, a Agência Internacional de Energia Renovável destacou a escala e o ritmo da mudança necessária para limitar o aumento das temperaturas globais médias em 1,5 graus Celsius, em linha com o acordo climático de Paris de 2015.

"A diferença entre onde estamos e onde deveríamos estar não está diminuindo, mas aumentando", disse Francesco La Camera, director-geral da organização com sede em Abu Dhabi, que tem mais de 160 Estados membros. "Precisamos de uma aceleração drástica nas transições de energia para fazer uma reviravolta significativa."

O "caminho 1.5C" da agência estabelecido no relatório descobriu que o consumo de combustível fóssil teria que cair mais de 75% até 2050, com o petróleo e o carvão encolhendo mais rapidamente.

O uso de gás natural teria de atingir o pico em 2025, embora fosse o combustível fóssil dominante em meados do século.

A capacidade de energia renovável terá que se expandir mais de dez vezes até meados do século, acompanhada por um aumento de 30 vezes na electrificação do transporte, concluiu o relatório.

Ele também previu um aumento dramático na produção e uso de "hidrogênio verde" - um combustível com zero de carbono feito por electrólise, usando energia eólica e solar, que divide a água em hidrogênio e oxigênio.

Em 2050, 30% do uso da electricidade será dedicado à produção de hidrogênio verde e hidrogênio e seus derivados, como e-amônia e e-metanol, disse o relatório.

Para produzir isso, a capacidade global do eletrolisador precisará se expandir para quase 5.000 Gigawatts de 0,3 GW hoje.

O relatório disse que os governos ainda podem aproveitar os pacotes de recuperação pós-pandemia, que até agora favorecem principalmente os combustíveis fósseis, para acelerar a transição

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes