Lundin Energy vende petróleo 'Carbono Neutro' para GS Caltex da Coreia do Sul

Por: Abudo Omar
Data: 16/06/ 2021
Visualizações: 338


Johan Sverdrup (oedigital)

A Lundin Energy vendeu uma carga de petróleo certificada como neutra em carbono no ponto de produção para a refinaria sul-coreana GS Caltex na primeira venda de petróleo bruto do campo Johan Sverdrup da Noruega, disse a empresa sueca na quarta-feira.

As empresas petrolíferas estão cada vez mais em busca de comercializar os seus produtos como mais limpos num esforço para garantir um futuro para a indústria de combustíveis fósseis, quando investidores, activistas e reguladores exigem medidas para deter as mudanças climáticas.

Lundin disse que o seu petróleo do campo Sverdrup foi certificado pelo Intertek Group, que no início deste ano também deu o seu selo de aprovação ao primeiro carregamento neutro em carbono da empresa de petróleo de um campo diferente do Mar do Norte.

O petróleo será contabilizado como carbono neutro na exploração, desenvolvimento e nas chamadas emissões de escopo 1 e 2, mas as principais emissões causadas pelo uso final do petróleo, ou emissões de escopo 3, não estão incluídas.

As plataformas de petróleo de Sverdrup são movidas por electricidade hidroelétrica de terra e, portanto, emitem apenas 0,45 kg de emissões de CO2 por barril de petróleo equivalente produzido, ou cerca de 2,5% da média global, disse a Lundin.

"A Lundin Energy deu mais um passo para neutralizar as emissões residuais líquidas usando projectos de captura de carbono natural de alta qualidade", disse a empresa num comunicado na quarta-feira.

Já havia dito que usará projectos de plantio de árvores para neutralizar essas emissões.

"Toda a produção líquida futura de Johan Sverdrup será certificada como neutra em carbono produzida pela Intertek sob seu padrão CarbonZero", disse a Lundin.

O Intertek Group, que forneceu a certificação da Lundin, está envolvido em testes, inspecção e verificação para garantir que os produtos atendam aos padrões de qualidade, segurança, ambientais e outros para clientes, incluindo Carrefour, ConocoPhillips e Unilever.

A Lundin detém uma participação de 20% no Johan Sverdrup, operado pela Equinor, o maior campo de petróleo da Europa Ocidental, com produção diária de 535.000 barris de petróleo equivalente por dia. Os outros proprietários são Aker BP, TotalEnergies e Petoro.

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes