TotalEnergies revela novos nomes para as empresas upstream na Nigéria

Por: Abudo Omar
Data: 23/08/ 2021
Visualizações: 125


TotalEnergies (sweetcrudereports)

Após a sua recente mudança de nome de Total para TotalEnergies, a empresa revelou os novos nomes das suas Empresas Upstream registadas na Nigéria.

A TotalEnergies fez a divulgação numa negociação de mídia virtual realizada na quinta-feira, 19 de Agosto de 2021. Também foi uma oportunidade para lançar luz sobre o seu papel pioneiro na obtenção de créditos de carbono na Nigéria, enquanto reiterava o seu compromisso de longo prazo com o país.

Em uma apresentação feita pelo Director Executivo Adjunto, Deepwater District, Victor Bandele, a empresa explicou que a Total E&P Nigeria Limited agora seria conhecida como TotalEnergies EP Nigeria Limited e a Total Upstream Nigeria Limited se tornou TotalEnergies Upstream Nigeria Limited. Bandele observou que, com o desenvolvimento, toda a comunicação e sinalização da empresa agora reflectiria o novo logotipo e nomes, conforme aplicável.

“A missão da TotalEnergies é produzir e fornecer energia. A TotalEnergies quer enfrentar o desafio do século 21 e ter um papel activo na transformação que está ocorrendo no sector de energia, refazendo-se e tornando-se uma ampla empresa de energia. A Total tornou-se TotalEnergies, uma empresa que está se expandindo na produção, transporte, comercialização e distribuição de energias responsáveis ​​ao cliente final, na convicção de que esta estratégia integrada de energia ampla constituirá uma vantagem competitiva de criação de valor para todas as suas partes interessadas no longo prazo, garantindo assim a saúde futura da empresa”, explicou.

Ele deu uma visão sobre as implicações da mudança de nome e a linha estratégica de investimento da empresa de petróleo a Gás Natural, Electricidade, Hidrogênio, Biomassa, Eólica e Solar.

A TotalEnergies está envolvida nos negócios de petróleo e gás na Nigéria há mais de 60 anos. Actuando em toda a cadeia de valor dos negócios de petróleo e gás na Nigéria, a empresa mantém uma grande paixão pelo meio ambiente, guiada por uma estratégia que inclui actuar como uma empresa responsável, lucrativa e resiliente.
 
O DMD também lançou luz sobre a redução de queima de gás da TotalEnergies e os programas / compromissos de desenvolvimento de gás na Nigéria, observando que “todos os nossos projetcos desde 1999 são projectados com meta de queima de gás zero. Pretendemos eliminar a queima de gás de rotina em todas as nossas operações até 2030. Ele citou o projecto OFON 2 que rendeu mais de um milhão de dólares para a Nigéria por meio da venda de crédito de carbono da queima de gás / redução de emissões alcançada pela OFON.

Em uma sessão eclética de perguntas e respostas, liderada pelo Director Executivo de Assuntos Corporativos e Serviços, Abiodun Afolabi, que foi assistido pelo Director Executivo de Finanças e Controle / CFO, Tai Oshisanya, e pelo Director Executivo, JV District, Obi Imemba, a empresa lançou mais luz sobre vários aspectos da sua operação na Nigéria, enfatizando a sua fé no país e vontade de trabalhar com o governo e outras partes interessadas na indústria para melhorar a vida dos nigerianos. Afolabi aproveitou a oportunidade para elogiar o governo e o povo da Nigéria pela aprovação da Lei da Indústria do Petróleo, recentemente aprovada pelo Presidente.

O evento foi moderado pelo Gerente de Comunicação Nacional da TotalEnergies, Charles Ebereonwu, que aproveitou a ocasião para divulgar que Egina da empresa havia acabado de ganhar o Prêmio de Realização Distinta na Conferência de Tecnologia Offshore 2021 em Houston, Texas, EUA.

Fonte: Sweet crude reports


Notícias Destacadas

Notícias Recentes