Brasil vai contribuir com 48% da produção de petróleo e condensado das Américas

Por: Abudo Omar
Data: 14/09/ 2021
Visualizações: 76


Gráfico indicador de produção de petróleo e condensado de países-chave (sweetcrudereports)

O Brasil deverá contribuir com cerca de 48% ou 1.350 mil barris por dia (mbd) da produção de petróleo e condensado das Américas em 2025 de projectos planeados e anunciados (novos projectos de construção, excluindo os EUA L48), de acordo com a GlobalData, uma empresa líder de dados e análises da empresa.

O último relatório da GlobalData, 'Americas Upstream Development Outlook, 2021–2025', revela que 1.164 mbd de produção de petróleo e condensado no Brasil em 2025 são esperados de projectos planeados com planos de desenvolvimento identificados, enquanto 364 mbd são esperados de projectos anunciados em estágio inicial que estão em fase de estudos conceituais, com previsão de aprovação para desenvolvimento.

No Brasil, Bacalhau, Itapu (Florim) e Búzios V (Franco) são alguns dos principais projectos que deverão contribuir colectivamente com cerca de 39% da produção de petróleo e condensado em 2025.

“Uma das razões para o sucesso da indústria de petróleo e gás do Brasil é que o país tem um sector de petróleo e gás relativamente liberalizado em comparação com outros países latino-americanos que estão a lutar para encontrar fundo para financiar os seus programas de exploração. Os recursos offshore do pré-sal de alto retorno do Brasil já atraíram muitos investidores internacionais e o país foi um dos poucos na região das Américas que manteve o seu crescimento de produção em 2020, apesar da redução da demanda de energia devido à pandemia da COVID-19,” comentou Svetlana Doh, Analista de Petróleo e Gás da GlobalData.

A GlobalData identifica os EUA como o segundo maior país das Américas, com 623 mbd de produção de petróleo e condensado em 2025 ou cerca de 22% da produção total de petróleo e condensado das Américas no ano (excluindo os EUA L48). A Guiana segue com uma produção de 312 mbd de projectos planeados e anunciados em 2025.

Entre as empresas, Petróleo Brasileiro SA, Exxon Mobil Corp e Royal Dutch Shell Plc lideram com a maior produção de petróleo e condensado de 768 mbd, 206 mbd e 166 mbd, respectivamente, em 2025 de projectos planeados e anunciados (excluindo os EUA L48).

Fonte: Sweet crude reports


Notícias Destacadas

Notícias Recentes