Exmar, Lattice em parceria de trabalho carreador de CO2 de 40.500 m3

Por: Abudo Omar
Data: 26/10/ 2021
Visualizações: 41


Navio Exmar (oedigital)

A Exmar, empresa proprietária de transportadores de gás e unidades FSRU, fez parceria com a Lattice Technology para desenvolver um novo tipo de transportador de CO2.

"Com a necessidade global de descarbonizar a atmosfera e a nossa economia mundial dependendo fortemente de um fornecimento seguro de energia, uma das soluções rápidas e promissoras para cobrir as duas oportunidades de Captura, Utilização e Armazenamento de Carbono (CCUS). Para alcançar projectos sustentáveis ​​de CCUS, haverá necessidade de transportar CO₂ de forma econômica e em grande escala", disse a Exmar.

Para isso, as duas empresas pretendem projectar um carreador de CO2 de 40.500 m3, que será adequado para o transporte de GLP e Amônia.

"A empresa de desenvolvimento conjunto combinará o design inovador e eficiente de tanques da Lattices para transporte de CO₂ com o forte conhecimento e experiência da EXMAR em design e operação de transportadores de gás inovadores e eficientes", disse a Exmar.

Exmar também citou um estudo que provou que o projecto patenteado do tanque Lattice, Lattice Pressure Vessel (LPV), "fornece a melhor solução para transporte de CO₂ em grande escala em baixas e médias pressões."

"O projecto e o tamanho da embarcação podem ser ajustados para atender a todos os volumes de transporte necessários para garantir a solução logística ideal da forma mais competitiva em termos de custos. O conceito inicial é uma embarcação Panamax de 195 metros de comprimento com capacidade de carga de 40.500 m³. um navio será adaptado para apoiar projectos CCUS com capacidades que variam de 2 a 10 MTPA. Além disso, uma capacidade de armazenamento de 3.000 m3 para combustíveis de baixa emissão de CO₂ como GPL, amônia ou GNL foi prevista ", disse a Exmar.

"O design patenteado do tanque também fornecerá a melhor solução de armazenamento para projectos offshore de liquefacção ou reinjecção de CO₂. Os tanques de armazenamento pressurizados robustos podem ser feitos num formato eficiente para se ajustar ao casco do navio e permitir grande capacidade de armazenamento. Um benefício adicional para offshore é que o design do LPV evita problemas de derramamento mesmo nos ambientes mais adversos", acrescentou Exmar.

A empresa não disse quando espera ver o primeiro navio lançado.

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes