Solução TWMA reduz emissões de operações de perfuração em 50%

Por: Abudo Omar
Data: 18/11/ 2021
Visualizações: 87


Halle Aslaksen, CEO da TWMA (oedigital)

A empresa de gestão de resíduos de perfuração sediada no Reino Unido, TWMA, disse na segunda-feira que destacaria como a sua solução de processamento de poço provou reduzir as emissões de carbono das operações de perfuração em 50% na ADIPEC deste ano, onde está a expor na feira pela sexta vez desde a sua primeira aparição em 2015

A empresa apresentará um artigo técnico numa sessão promovida pela Society of Petroleum Engineers (SPE) durante a conferência. O artigo, que foi co-autoria da DNV, irá detalhar os principais benefícios das suas soluções de perfuração de baixo carbono.

"Com sustentabilidade e metas líquidas de zero no topo da agenda da indústria, a TWMA está posicionada para apoiar ainda mais os clientes para melhorar o seu desempenho ambiental, especialmente nos Emirados Árabes Unidos, que representam um terço dos negócios da empresa", disse a TWMA.

"Por 20 anos, a TWMA tem reduzido as emissões de carbono das operações de perfuração usando a nossa tecnologia de processamento de poços TCC RotoMill®. Desde que trouxemos essa tecnologia para os Emirados Árabes Unidos em 2012, entregamos operações seguras, de baixo custo e sustentáveis ​​para alguns dos maiores projectos da região, principalmente o desenvolvimento de Upper Zakum," disse Halle Aslaksen, CEO da TWMA.

A solução de processamento de poço TCC RotoMill permite que os resíduos de perfuração sejam processados ​​na fonte, eliminando a necessidade de enviar resíduos de perfuração para longas distâncias para tratamento. A solução reduz significativamente as emissões de carbono, reduz o custo do poço e melhora o desempenho de segurança, disse a TWMA.

"Construímos um negócio sólido nos Emirados Árabes Unidos ao longo dos anos, oferecendo soluções inovadoras que agregam valor às operações dos nossos clientes. Estamos sempre em busca de oportunidades para compartilhar conhecimento e melhores práticas e a ADIPEC oferece uma plataforma fantástica para fazer isso. Estamos muito ansiosos para apresentar as nossas soluções de perfuração de baixo carbono aos delegados este ano," comentou Aslaksen.

Com o objectivo de estreitar o relacionamento com os clientes e mostrar o seu compromisso com o mercado, a TWMA expõe na feira pela sexta vez desde a sua primeira apresentação em 2015. A empresa está a trazer um novo conceito para o seu estande este ano, com apresentações virtuais da sua equipa de especialistas em todo o mundo.

A TWMA, com sede no Reino Unido, também possui bases nos Emirados Árabes Unidos, EUA, Egipto, Noruega e África. A empresa está, na ADIPEC, também lançou a sua nova tecnologia de monitoramento em tempo real XLink.

De acordo com a TWMA, XLink é uma nova actualização de sistema de hardware e software que permite aos clientes monitorar as suas operações de resíduos de perfuração ao vivo de qualquer lugar do mundo. O sistema inovador reduz o pessoal a bordo (POB), melhora as percepções operacionais e automatiza os sistemas de processamento do local do poço para reduzir custos, melhorar a segurança e diminuir as emissões de carbono, diz a empresa que está expondo no pavilhão 8 no estande número 8410.

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes