Preços do petróleo se mantêm perto de US $ 80 com oferta restrita e queda nos estoques

Por: Abudo Omar
Data: 30/12/ 2021
Visualizações: 156


Plataforma de petróleo (oedigital)

Os preços do petróleo se mantiveram perto de US $ 80 o barril na quarta-feira, com as interrupções no fornecimento global e a queda nos estoques dos EUA compensando as preocupações de que o aumento dos casos de coronavírus pode reduzir a demanda.

O petróleo bruto Brent subiu para até $ 79,20 o barril, antes de recuar e cair 24 centavos de dólar no dia a $ 78,70. O petróleo bruto U.S. West Texas Intermediate (WTI) caiu 32 centavos para $ 75,65, após tocar em $ 76,17.

Ambos os contratos estão a ser negociados perto do seu nível mais alto em um mês, auxiliados pela força das acções globais.

"Os mercados estão a avaliar de forma esmagadora a última variante do coronavírus como uma encarnação mais branda, apesar da sua contratibilidade mais fácil", disse Jeffrey Halley, analista da OANDA, em nota.

"Com a actividade do mercado muito reduzida para a temporada de férias, os investidores continuam a precificar provisoriamente uma recuperação global que atinge um pequeno solavanco e não um buraco," comentou.

Dados do American Petroleum Institute mostraram que os estoques de petróleo dos EUA caíram 3,1 milhões de barris na semana encerrada em 24 de Dezembro, disseram fontes do mercado na noite de terça-feira, em linha com as expectativas de nove analistas ouvidos pela Reuters.

Os dados semanais da Administração de Informações de Energia dos EUA devem ser entregues na quarta-feira.

Os preços do petróleo foram sustentados por Equador, Líbia e Nigéria declarando forças maiores neste mês em parte da sua produção de petróleo por causa de problemas de manutenção e fechamentos de campos petrolíferos.

O vice-primeiro-ministro russo, Alexander Novak, disse que o grupo de produtores OPEP + resistiu aos apelos de Washington para aumentar a produção porque quer fornecer ao mercado uma orientação clara e não se desviar da política de aumentos graduais da produção.

Os investidores aguardam uma reunião da OPEP + em 4 de Janeiro, na qual a aliança decidirá se continuará com um aumento de produção planeado de 400.000 barris por dia em Fevereiro.

Em sua última reunião, a OPEP + manteve os seus planos de aumentar a produção em Janeiro, apesar da disseminação da variante Omicron.

 

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes