Equinor para de negociar petróleo russo

Por: Abudo Omar
Data: 20/03/ 2022
Visualizações: 256


Logotipo da Equinor (Equinor)

A petrolífera estatal norueguesa Equinor disse que vai parar de negociar petróleo russo, já que a empresa encerra as operações na Rússia após a invasão da Ucrânia.

O anúncio oficial da Equinor ocorre quatro dias depois que o executivo-chefe da Equinor, Anders Opedal, disse à Reuters que a empresa havia parado de negociar petróleo russo.

"Quando dissemos que queríamos começar a sair da (joint venture russa), também paramos a partir dessa data de negociar com petróleo russo", disse Opedal.

A Equinor acrescentou na segunda-feira que tinha compromissos contratuais que atingiu antes da invasão da Ucrânia pela Rússia, sob os quais receberia quatro carregamentos de petróleo em Março.

A empresa disse que o recebimento dessas cargas estaria "em total conformidade com as sanções actuais".

Em 28 de Fevereiro, poucos dias após a invasão, a Equinor disse que sairia das suas joint ventures com a russa Rosneft, antecipando uma baixa contábil em suas participações de US$ 1,2 bilião.

A Equinor se une a grandes empresas de petróleo e gás, incluindo Shell, BP, TotalEnergies da França e o grupo italiano de energia ENI, para interromper as compras de petróleo da Rússia.

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes