ExxonMobil, Rosneft e TotalEnergies entre empresas que disputam blocos offshore em Moçambique, diz Lusa

Por: Abudo Omar
Data: 28/03/ 2022
Visualizações: 438


Plataforma offshore (clubofmozambique)

As petrolíferas ExxonMobil, Rosneft e TotalEnergies estão entre as 13 empresas que apresentaram propostas na 6ª Ronda de Concessão de Áreas de Exploração e Produção de Hidrocarbonetos em Moçambique, disse hoje à Lusa fonte do governo moçambicano.

Além dessas três empresas, a italiana ENI, a russa Novatec, a chinesa Sinopec, a CNOOC, a CNPC e a PetroChina International, a Qatar Petroleum, a sul-africana Sasol, a indiana ONGC Videsh, a irlandesa Discovery Exploration e a Aiteo, da Nigéria.

Além de uma oferta da controladora, a TotalEnergies apresentou uma segunda oferta por meio de um dos seus braços corporativos, a TotalEnergies EP New Venture.

“O Instituto Nacional do Petróleo (INP) vai proceder à avaliação dos documentos e a lista das empresas será publicada a 31 de Março de 2022”, disse fonte governamental.

A 6ª Rodada de Licenciamento foi lançada em 25 de Novembro de 2021 e termina com o anúncio dos resultados em 30 de Novembro deste ano.

O processo abrange 16 áreas de intervenção, totalizando mais de 92 mil quilómetros quadrados: cinco na bacia do Rovuma, sete em Angoche, dois no Delta do Zambeze e dois no Save.

Uma das regiões, a bacia off-shore do Rovuma, na província de Cabo Delgado, norte do país, já tem algumas áreas atribuídas.

Ali foram descobertas algumas das maiores reservas de gás do mundo, que começarão a ser exploradas este ano.

Moçambique também possui áreas alocadas no âmbito da 5ª Rodada de Licenciamento onde a prospecção ainda não começou.

Fonte: Club of Mozambique


Notícias Destacadas

Notícias Recentes