Petroecuador do Equador abre licitações para campo offshore e modernização de refinaria

Por: Abudo Omar
Data: 13/06/ 2022
Visualizações: 53


Bandeira do Ecuador (oedigital)

A petrolífera estatal equatoriana Petroecuador anunciou na quinta-feira dois leilões, na esperança de atrair licitações de empresas privadas para um campo de gás natural offshore e um contrato para modernizar a refinaria de Esmeraldas.

A Petroecuador está à procura de uma empresa privada para construir e começar a operar uma unidade de alta conversão para processar resíduos da refinaria, que tem capacidade para 110 mil barris por dia, informou a empresa em comunicado. Ela espera que a refinaria modernizada produza combustível de maior qualidade para consumo doméstico, disse.

A Petroecuador também espera encontrar um parceiro para explorar e desenvolver o campo de gás natural Amistad, no Golfo de Guayaquil, que actualmente produz 24 milhões de pés cúbicos por dia (mmcfd). Nos últimos anos, a estatal planeou buscar parceiros para a área, mas nenhum acordo foi assinado.

A Petroecuador "busca aumentar a produção no campo de Amistad e maximizar o factor de recuperação de suas jazidas no bloco", disse a empresa em comunicado anterior.

O gerente da Petroecuador, Ítalo Cedeno, disse no início desta semana que a meta da empresa é atingir 100 mmcfd de produção de gás no Amistad, o que exigirá um investimento de cerca de US$ 500 milhões.

O gás natural deverá ser utilizado para transporte, geração de energia ou para produção de fertilizantes, incluindo a ureia, que actualmente é importada.

O investimento necessário para o projecto da refinaria de Esmeraldas foi estimado inicialmente em cerca de US$ 2,7 biliões, acrescentou Cedeno.

Esmeraldas passou por uma polêmica reforma sob o governo do ex-presidente Rafael Correa, a um custo de cerca de US$ 2,2 biliões.

A Petroecuador espera receber cartas de interesse para ambas as licitações entre os dias 13 e 24 de Junho. As informações serão então fornecidas pela estatal às empresas que preparam as ofertas.

A Petroecuador, que busca aumentar a produção, também está avançando com as licitações de 100 poços fechados e a captação do gás que está a ser queimado.

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes