Shell se candidata para construir parques eólicos offshore na Polônia

Por: Abudo Omar
Data: 15/06/ 2022
Visualizações: 72


Parque eólico offshore (Shell/oedigital)

A subsidiária da Shell, Amber Baltic Wind Ltd, apresentou propostas para novos locais eólicos offshore na zona polonesa do Mar Báltico como parte da última licitação do governo.

Os locais incluídos no concurso ajudarão a cumprir a ambição da Polônia de atingir 11 GW de capacidade eólica offshore instalada até 2040.

Citando um relatório da WindEurope, a Shell disse que a parte polonesa do Mar Báltico poderia hospedar até 28 GW de energia eólica offshore até 2050.

“Com décadas de experiência na entrega de projectos offshore complexos no Mar do Norte, fortes capacidades eólicas offshore e uma presença significativa na Polônia, a Shell poderia apoiar a Polônia na realização do potencial dos seus vastos recursos eólicos para ajudar na transição do seu mix de energia”, disse a Shell.

A Shell também assinou o Acordo do Sector Eólico Offshore da Polônia, que visa desenvolver conteúdo local na cadeia de suprimentos apoiando a construção e operação de parques eólicos offshore. Sob o Acordo Sectorial, a indústria se compromete com a criação de até 60.000 empregos directos e indirectos na indústria eólica da Polônia até 2040.

"A Shell é parceira de energia da Polônia há 30 anos e continuamos prontos para apoiar a Polônia na entrega de um sistema de energia mais seguro e sustentável", disse o presidente da Shell Polônia, Piotr Kuberka.

“A energia eólica offshore tem a chance de se tornar uma pedra angular tanto da transição energética polonesa quanto da independência energética. É igualmente uma parte importante dos planos da Shell para a Polônia, pois buscamos expandir os nossos negócios de baixo carbono e ajudar uma série de sectores a descarbonizar. Ao assinar o Acordo do Sector Eólico Offshore, também nos comprometemos a trabalhar com as comunidades e empresas polonesas para trazer novos empregos altamente qualificados e ajudar a desenvolver as cadeias de suprimentos locais,” acrescentou.

Fonte: Offshore Engineer


Notícias Destacadas

Notícias Recentes